quarta-feira, 24 de abril de 2013

♡ Décimo Capitulo ♡

Vanessa : eu não posso. -olha para o chão- desculpa, mas eu não posso ajudar-te.
Lily : aih Vanessa porquê? -perguntou entre soluços- eu já aprendi a minha lição, ajuda-me, por favor. -suplicou-
Vanessa : Lily eu não posso porque ...
XX  : porque reconquista-lo é uma coisa que só tu podes fazer. -Ashley já estava nas escadas á alguns minutos, assim como Vanessa também ouviu a porta bater-se com força e foi ver o que se passava. Viu Vanessa ir ter com Lily e resolveu não entrar no meio, ficou a ouvir a conversa nas escadas, não sabia aquilo que Lily ia dizer ou fazer. Quando ouviu Lily pedir ajuda a Vanessa teve medo daquilo que ela fosse fazer, Vanessa era capaz de deixar Zac por Lily, Ashley não tinha duvidas. Quando ouviu Vanessa dizer "não" a Lily as suas certezas de que Zac podia ser, realmente, o homem certo para Vanessa aumentaram. Era ele.- não nos peças uma ajuda impossível Lily, foste tu que fizeste a borrada, arranja-te com ela.
Lily : eu estava a falar com a Vanessa. -responde sem sequer olhar para Ashley-
Ashley : e eu estou a dizer-te que nem ela nem ninguém te pode ajudar, fizes-te uma asneira e agora vais ter de sair dela sozinha.
Vanessa : a Tizz tem razão Lily, eu não te posso ajudar, desculpa. -sem mais dizer Vanessa subiu as escadas quase que a correr, esteve a segundos de dizer a Lily que se andava a encontrar com Zac e que muito provavelmente gostava dele. Ver a amiga a suplicar-lhe para a ajudar a reconquistar um homem com quem andava agora a sair foi de loucos. Entrou no quarto e fechou a porta á chave, Lily era bem capaz de entrar para voltar a falar consigo sem nem sequer bater, como era habitual. Atirou-se para a cama e logo ouviu o telemóvel vibrar ao som de uma mensagem, alcançou o telemóvel e abriu a mensagem deparando-se com o seguinte "Se já estavas a dormir e te acordei peço desculpa, mas precisava realmente de te dizer uma coisa ... A Lily esteve aqui, em minha casa, deixei-a entrar para falar com ela e lhe tentar explicar que já não havia volta a dar. Descai-me dizendo-lhe que andava a sair com outra pessoa, não quero deixar-te nervosa mas acho que é melhor dizeres á Lily que andamos a sair. E o mais rápido possível. Boa noite, beijos Zac :)"
Ele tinha-a avisado? Como um, hum, namorado faria se recebesse uma visita da ex? Ele tinha mesmo feito isso?!



Vanessa : eu vou falar hoje com a Lily. -Vanessa acordou ainda era cedo, para não variar Lily ainda estava a dormir e Ashley já estava acordada e a preparar o pequeno almoço. Aquela loira parecia ter fogo no corpo, ate de manha.- 
Ashley : eu acho que fazes bem, mais cedo ou mais tarde todos vão ficar a saber. -disse atenta aos seus ovos mexidos- de qualquer maneira a Lily vai reagir mal mas é melhor ficar a saber por ti do que por uma revista ou pior.
Vanessa : o Zac mandou mensagem ontem. -sorri- dizia que a Lily esteve em casa dele e que ele lhe disse que andava a sair com outra pessoa.
Ashley : ele avisou-se? -encara Vanessa sorridente- tu não podes deixar passar esta oportunidade Vanessa, ele pode ser o tal.
Vanessa : eu sei. -concordou nervosa- eu não vou deixar escapar, tens a minha palavra.


Zac acordou mais tarde que o normal, tinha-se deixado dormir. Tomou um banho e correu para o atelier, havia muitos projectos ara fazer, todos tinham de ser entregues no prazo certo, ele não admitia falhas.
Quando chegou ao atelier sentiu alguns olhares perfurar as suas costas, era a primeira vez que chegava atrasado em anos. Passou por Ryan que logo o escoltou para a sua sala para que lhe contasse tudo sobre o encontro com Vanessa. Enfim, tinha vezes que Ryan parecia uma mulherzinha curiosa. A hora do almoço chegou e Zac nem se apercebeu dela, só saiu para almoçar porque Ryan praticamente o obrigou. Iriam almoçar no atelier mesmo, Zac não queria perder os prazos de entrega, isso era o mais importante.


Lily acordou tarde como sempre, não tinha trabalho nem obrigações, e como se isso já não fosse o suficiente tinha pessoas que lhe faziam tudo, o pequeno almoço, o almoço e o jantar. A mesa do pequeno almoço ainda estava posta quando desceu mas nem isso a fez levantar a mesa depois de comer. Tomou um banho e vestiu umas das suas roupas maravilhosas. Umas calças de tecido leve brancas, uma blusa de ceda verde para condizer com a cor dos seus olhos e um dos seus enormes saltos altos caríssimos  Pegou na sua bolsa e saiu de casa. Cabeleireiro, massagens e manicura completa, era essa a sua programação para esta manha. Durante a tarde pensou em ir ao shopping fazer umas comprinhas, tinha um homem para reconquistar, todos os cuidados eram poucos.


Ligava, ou não? Aquela duvida rondava a cabeça de Vanessa desde que acordou. Não tinha respondido á mensagem de Zac na noite passada, mas ainda assim não sabia se era boa ideia ligar ou não. Estava na sua hora de almoço e não sabia se Zac estava ao não ocupado. Talvez uma mensagem não fosse problema.
"Estou atrapalhar? Hum, eu ... obrigado por teres avisado sobre a Lily, ela falou comigo. Pediu-me ajuda para reconquistar-te, foi o momento mais desagradável da minha vida. Vou falar com ela, ela tem o direito de saber o que se passa entre hum ... nos. Tem um bom dia, beijos Vanessa. :)"
Clicou em enviar, estava feito. Esperava não interromper nada.


Quando todas as suas actividades matinais estavam feitas Lily estava faminta. Já não ai ao restaurante da avo se Vanessa á meses, uma massa italiana parecia-lhe musica para o seu estômago.
Em minutos já estava sentada numa das mesas a desgostar de um pão com alho delicioso. Já estava a meia da refeição quando a avo de Vanessa apareceu a caminhou na sua direcção a sorrir.
Spencer : que bom ver-te minha querida, tens andado desaparecida. -Spencer beijou uma das bochechas de Lily e sentou-se na mesa como Lily pediu- a Vanessa esteve cá ontem.
Lily : esteve? -fingiu interesse- não estive em casa ontem.
Spencer : ela veio com o namorado. -Lily olhou para Spencer atentamente. Namorado?- não me podia ter deixado mais feliz.
Lily : ai sim? -sem entender- e o que achou dele? -Vanessa não tinha falado de namorado nenhum, ela não ... ela tinha contado se estivesse com alguém não tinha? Ela nunca escondeu essas coisas, porque é que o iria fazer agora? E que homem era esse?-
Spencer : é uma jóia de rapaz, para alem de um belo homem. -sorri orgulhosa- é perfeito para a minha menina, formam um bonito casal.
Lily : não é? -perguntou tentando arrancar mais alguma coisa de Spencer, um nome talvez- também acho que formam um belo casal, perfeitos um para o outro.
Spencer : não fazia ideia que a minha Vanessa e o Zachary se conheciam, fiquei muito feliz. -sorri- ele é um amor de rapaz, gosto muito dele.
Lily : Zachary? -Zachary ... aquele nome não lhe era estranho, já o tinha ouvido em qualquer lado mas não conseguia lembrar-se onde. Zachary fazia-a também lembrar Zac mas Vanessa nem sabia quem ele era, e mesmo que soubesse era incapaz de ter o que quer que fosse com ele. E nem Zac iria querer, mas ele andava a saiu com uma mulher ... não, não podia ser, era completamente impossível, eles nunca se tinham visto antes, sem duvida impossível.- tem a certeza que o nome dele é Zachary?
Spencer : não o conhece?
Lily : conheço claro, mas não temos por habito trata-lo por Zachary. -sorri nervosa-
Spencer : ah sim claro! -solta uma gargalhada- Zac, Zac Efron, deve ser assim que o tratam.




Ryan : estas com cara de parvo porquê? -provocou-
Zac : cara de parvo tens tu. -atira a caneta que tinha na mão a Ryan- a Vanessa mandou mensagem.
Ryan : meu Deus, sexo pelo telemóvel? -gozou- essas meninas estão mesmo a transformar-te!
Zac : minha nossa senhora, será que tu só pensas em sexo? -perguntou com uma cara estranha- tenho pena da Brittany, deve andar sempre a mancar.
Ryan : ela bem que gosta. -fecha os olhos e sorri- eu sou muito bom no quesito sexo.
Zac : se tu dizes ... -faz cara de nojo- aguentas o resto do dia sem mim?
Ryan : hum ... pelos vistos a proposta indecente bem que te agradou. -sorri matreiro- vai la ter uma tarde de sexo escaldante que eu seguro as pontas de tudo por aqui!
Zac : é que nem mereces que te responda. -abana a cabeça- qualquer problema liga-me, sem brincadeiras Ryan, não quero atrasos com as datas.
Ryan : alguma vez te falhei? -acreditando ou não a resposta era não, Ryan podia ser tudo mas era estritamente profissional.- vai descansado que eu trato de tudo por aqui, não quero que pares na hora H por minha causa gatinho!
Zac : enfim Ryan, enfim ... -Zac apressou-se a pegar nas suas coisas e antes de sair do atelier ainda disse a Anelise, a sua secretaria, que se fosse preciso algum coisa para lidar imediatamente. Mais valia prevenir do que remediar.-


Zac não respondeu, talvez estivesse ocupado, ou então ainda não tivesse tido tempo de responder, ou não tivesse visto ainda a mensagem ... Vanessa queria acreditar em tudo, menos que ele não quis responder. Sera que ele mudou de ideias? Ele podia não podia? Lily era uma mulher muito bonita e Zac podia ter tido uma recaída ao pensar nos momentos que passou com ela, mesmo sendo eles muito poucos.
Zac não parecia ser o tipo de homem que mudasse assim de ideias, conforme o vento, mas ... Deus, Vanessa pedia aos céus para que não fosse isso. Conhecia Zac á pouco menos de um dia mas parecia que o conhecia á já uma eternidade. Ele era tão fácil de se gostar, era trabalhador, simpático, cavalheiro, preza a família e conseguia fazer o que poucas pessoas conseguiam, fazê-la rir genuinamente. Como se isso já não fosse o suficiente era dono de uma beleza estupidamente fascinante, aqueles olhos faziam as suas ternas tremer sempre que olhavam para si. E aqueles lábios, minha nossa senhora, eram uma tentação para qualquer mulher.
A campainha tocou tirando-a dos seus pensamentos, ajeitou a camisola larga que vestia, e só a camisola, e foi abri-la. Qual não foi a sua surpresa ...
Vanessa : Zac?
Zac : atrapalho? -sorri-
Vanessa : não ... eu só não ... -Deus, Vanessa não esperava aquilo, ele estava ali. Ele estava mesmo ali!- entra. -Vanessa afastou-se da porta e Zac entrou- passou-se alguma coisa?
Zac : recebi a tua mensagem e em vez de responder da mesma forma vim responder pessoalmente. -envolve a sua mão na de Vanessa e sorri quando a sente estremecer- fiz mal?
Vanessa : não, eu ... hum ... -aih meu Deus, porque é que ele era tão lindo?- eu, eu só não estava á espera.
Zac : e isso é mau? -da um passo na direcção de Vanessa- eu sempre posso ir embora. -aproxima-se mais-
Vanessa : Zac ...
Zac : só estou a dar uns passos á frente, isto ia acontecer de qualquer maneira.
E foi. Beijaram-se, mas no mesmo momento em que sentiram o saber um do outro separaram-se, e assustaram-se.
Vanessa : Lily eu ...
Lily : tu és uma traidora! -berrou-




É segura aparecer por aqui? :S Desculpem a demora, por favor! 
Estava cheia de provas para fazer e como devem calcular não as podia deixar para segundo plano.
E então, gostaram? E agora, como será que a Lily vai reagir?
TERROR!!!!!!!!!
Ate ao próximo capitulo meus amores e por favor não deixem de entrar no blogue e comentar.

8 comentários:

• Paula disse...

É agora que a Lilly infarta!
Haha...ela é loka!Vai saber o que ela pode fazer!
Amei amei amei o capítulo!
O Zac tãoooo perfeito!O genro que qualquer mãe pediu aos céus!
kkkk...posta logo
Bjos amorê

sarah lopes disse...

Ahh' minha nossa , ta perfeito
agr a vanessa tem o zac para ajudar nas explicaçaoes , ta mt bom msm posta logo :)

karolaine pereira disse...

ahhh' ta lindo
posta logo

stephanie_95_7 disse...

Ta perfeito o capitulo!
Posta rapido
Bjs

Viviane Faria disse...

Hahaha!!q fofo este capitulo!

Anónimo disse...

ppoooooosta loooogoooooo
mto curiosa aki
ta boom demais

patricia disse...

lindo gostei historia esta fantasticaa beijos

Liriane Costa disse...

Amei a sua história
Curiosa e ansiosa pra ver o que vai acontecer...