quinta-feira, 4 de outubro de 2012

♡ Sexto Capitulo ♡

Ryan : tens a certeza? -perguntou com pena- ainda esta tão cedo!
Zac : eu sei mas não estou na melhor das disposição para ficar numa festa. -disse sem graça-
Ryan : eu avisei-te para teres cuidado com essa Lily, nenhuma mulher que se dê ao respeito vai para a cama com um homem no mesmo dia em que o conhece.
Zac : é, agora eu sei.
Ryan : se me tivesses dado ouvidos nada disto tinha acontecido, falei para ires com calma, para não teres tanta certeza de que isto com a Lily ia para a frente.
Zac : eu sei Ryan, não me precisas de dizer que me avisas-te! -falou impaciente- aproveita a tua noite, a Brittany é linda, é melhor ires para a beira dela, aqui somos todos amigos mas nem todos são de confiança. -falou soltando um riso fraco, típico quando Zac ria apenas por rir.-
Ryan : ficas bem?
Zac : hum hum, não te preocupes.
Ryan : vais já para casa? -perguntou enquanto acompanhava Zac ate á saída do restaurante.-
Zac : não, talvez vá dar uma volta por ai, não sei. -falou encolhendo os ombros-
Ryan : faz isso. -Ryan despediu-se de Zac com o toque de mãos e esperou perde-lo de vista para voltar para o lado de Brittany.-
Brittany : o Zachary já foi embora? -perguntou com pena- ele parecia ser simpático.
Ryan : ele não estava nos melhores dias, digamos que descobriu uma coisa que o abalou.
Brittany : ele realmente parecia meio abalado, distante. O que lhe aconteceu?
Ryan : conheceu uma mulher, pensava que ela era uma coisa mas na verdade era outra completamente diferente. Ele via nela princesa quando ela estava mais para vadia.
Brittany : como o entendo, a Ashley vive com duas amigas, uma delas é das minhas melhores amigas mas o outra não passa de uma vadia, estava sempre a saltar de cama em cama.
Ryan : foi exactamente isso que aconteceu, acreditas que assim o que Zac entrou aqui um dos nossos amigos lhe foi dizer que conhecia a Lily e que já mais de três amigos nossos tinham dormido com ela?! -perguntou deixando Brittany intrigada- ele deve ter-se sentido um parvo, cego. Eu avisei-o para não confiar numa mulher que tinha ido para a cama com ele assim que o conheceu, eu avisei.
Brittany : Lily? tu disseste Lily?
Ryan : sim Lily, algum problema? -perguntou sem entender a cara da namorada- conheces?
Brittany : era demasiada coincidência mas a mulher que eu te falei chama-se Lily e eu não me admirava nada que fosse a mesma pessoa, ela é exactamente como descreves-te a mulher que o Zachary conheceu. Sem falar que á alguns dias que ela tem saído com um tal de Zac! -Brittany não queria acreditar, então o Zachary é que era o Zac que Lily tanto falava?! Zac era o homem por quem Vanessa se sentia atraída sem conhecer?! Meu Deus, mesmo sem o ver Vanessa conseguia acertar na murche, Brittany já imaginava Vanessa e Zac lado a lado, conseguia vê-los perfeitamente bem. Formariam um belo casal.-
Ryan : espera, tu disseste que a Ashley vive com duas amigas, por acaso uma delas é morena e baixinha?
Brittany : sim, a Vanessa, ela é uma das minhas melhores amigas. Como sabes que ela é morena? -perguntou sem entender-
Ryan : meu Deus do céu é demasiada coincidência para ser verdade! -disse sem acreditar- o Zac anda louco a tentar descobrir essa tal de Vanessa!
Brittany : hã?
Ryan : longa historia, uma loucura, mas digo-te que se essa Vanessa for a morena que o Zac anda á procura não pudemos perder tempo! -disse a sorrir-
Brittany : explica-te Ryan!
Ryan : ok, foi mais ao menos assim ...



Vanessa sempre gostou de passear pela calçada da praia, era tão bom ouvir o barulho das ondas a bater umas nas outras, sentir o cheiro do mar, ouvir as gaivotas ... Vanessa adorava aquela calma que a praia e o mar eram capazes de lhe transmitir, não havia nada, nada nem ninguém que a fizesse sentir-se tão calma, tão leve.
Sentou-se na areia, o mais próximo que podia do mar, mas que ao mesmo tempo não corresse o risco de se molhar.
Tinha tido um dia quase perfeito, quase porque havia horas que se lembrava da sua discussão com Lily, da sua atracção absurda pelo homem que dentro de poucos dias seria bem mais do que um amigo colorido da sua ate então amiga, a sua vida estava uma confusão e sempre que se via a pensar naquele assunto a sua cabeça dava um nó gigantesco.
Estendeu o seu casaco na areia, de maneira a que não sujasse a blusa branca que tinha no corpo e deitou-se a olhar as estrelas, sabia que elas, as suas fies conselheiras não a iriam desapontar. Sabia que dentro de algum tempo iria saber o que fazer, era sempre assim. Sempre que estava com uma duvida ia á praia, á noite, deitava-se a olhar para a estrelas e já sabia o que fazer.



Não muito longe dali estava Zac, a andar de carro de um lado para o outro, já havia passado pela aquela praia umas quatro vezes, simplesmente não sabia para onde ir. Ir para casa não era sequer opção, sabia que se fosse ia ficar a pensar em Lily e em como tinha sido tão estúpido por ter acreditado nela. Estava furioso, não com Lily, o que sentia por ela não era tão forte ao ponto de o fazer sofrer horrores, o que mais o chateava era o facto de não ter percebido o quão falsa Lily era. Meu Deus fora tão cego, tão estúpido, Lily tinha-o enganado a jeito.
Estacionou o carro perto da calçada, não iria ficar na praia por muito tempo, apenas iria dar uma volta, quem sabe dar um mergulho e depois voltar para casa. Só precisava espairecer e deitar para fora toda aquela "raiva" que sentia.
Sentou-se na areia, não muito perto do mar, estava bem mais acima, olhou para a frente e viu as ondas a bater umas nas outras, havia sensação mais acalmante do que aquela? Se havia Zac não se lembrava. Praia, mar, Zac adorava tudo aquilo, era tão calmo, tão revigorante!
Ficou por la mais uns 10 minutos e saiu, já estava mais calmo, e cansado. (enganei-vos, pensavam que era agora?!!!! Ainda não!!!!!)
Chegou a casa e tomou um banho, viu um bom filme e subiu para o quarto. Antes de se deitar checou o telemóvel e viu as milhares de chamadas de Lily, ela havia-lhe ligado mais de 10 vezes. Claro que não as retomou, apagou o numero de Lily, desligou o telemóvel e deitou-se na cama, adormeceu minutos depois.


Vanessa : bom dia. -disse assim que entrou em casa e viu Ashley e Martin sentados á mesa a tomar o pequeno almoço- vejo que a noite foi animada por estas bandas! -este comentário fez Ashley esconder o seu rosto que queimava de vergonha no peito de Martin- bom, vou subir e deixar o casalinho tomar o pequeno almoço sossegados, continuação de bom apetite. -Vanessa subiu as escadas rápido e assim que entrou no quarto começou a despir-se, a sua roupa estava cheia de areia, não sabia como tinha adormecido na praia, nunca antes lhe tinha acontecido. Entrou na banheira e assim que sentiu a agua quente em contacto com o seu corpo suspirou de satisfação, estava um dia frio em Nova Iorque. Enquanto estava no carro, com o ar quente ligado só pensava em chegar a casa, tomar um banho e vestir uma daquelas roupas quentes e confortáveis de andar por casa que toda a gente tinha. Depois do banho foi exactamente isso que fez, secou o cabelo, vestiu umas calças de moleton, calçou umas pantufas cor de rosa quentinhas e um blusão largo azul de aquecimento. Quando desceu as escadas viu Ashley despedir-se de Martin á porta, mandou-lhe um "Tchau" e sentou-se no sofá, sendo seguida por Ashley- pelos vistos a festa foi boa, e a after party nem se fala! -falou a rir-

Ashley : pára com isso! -disse a morrer de vergonha- pensava que ias dormir em casa dos teus pais, por isso é que trouxe o Martin para cá, desculpa.
Vanessa : não te preocupes com isso, sabes que não ligo a essas coisas e também não passei a noite em casa mesmo. -disse ao dar de ombros- adormeci na praia, acordei quase em estado hipodérmico!
Ashley : tu e essa tua mania de ir á praia de noite e ainda pra mais sozinha um dia destes vai dar bronca, a praia é perigosa á noite Vanessa! -claro, como não havia pensado na praia, era sempre para la que Vanessa ia quando estava com problemas. Já devia ter desconfiado.-
Vanessa : não fui para la com a intenção de passar la a noite, como deves calcular, apenas adormeci. Prometo que não volta acontecer, esta melhor assim? -perguntou a sorrir-
Ashley : esta, esta tudo bem com os teus pais?
Vanessa : hum hum, tudo na mesma, sempre que vou la reclamam do mesmo, que passo muito tempo sem os ver e bla bla bla! Já sabes como é!
Ashley : de certo modo eles têm razão, mas sabem que só não vais la mais vezes porque não podes, o teu trabalho não permite, eles entendem isso Nessa!
Vanessa : é eu sei, mas conta-me, como foi o jantar?
Ashley : óptimo, já não me divertia assim á séculos, o Ryan é fantástico e os amigos dele também, foi fantástico! 
Vanessa : fico feliz pela Britt, ela merece alguém que a consigo fazer feliz. -falou sincera- a Lily ainda esta a dormir?
Ashley : essa ai nem em casa passou a noite, e se queres saber é melhor assim não estava com a mínima vontade nem disposição para a aturar!
Assim que Vanessa viu Ashley olhar para o chão com uma expressão triste soube que alguma coisa que havia passado, só não sabia o quê.
Vanessa : passou-se alguma coisa? -perguntou mesmo já sabendo a resposta- não te atrevas a mentir-me. -disse assim que Ashley abanou a cabeça negativamente- o que se passou Tizz?
Ashley : nada com o que te tenhas de preocupar, já tens demasiadas dores de cabeça na tua vida Vanessa, ja esta tudo resolvido, esquece. -Ashley não queria contar a Vanessa que Lily lhe tinha batido, ainda mais por sua causa. Vanessa iria ficar de rastos.-
Vanessa : eu não esqueço ada Ashley ou me contas tu o que se passou ou então quando a Lily chegar pergunto-lhe, a escolha é tua. -quando queria Vanessa podia ser mais casmurra que uma mula.- (dizer que uma pessoa é mais casmurra, ou tão casmurra como uma mula não é uma ofensa. Só para ficar claro)
Ashley : és uma chata tu! -disse levantando-se do sofá e caminhando para a cozinha, Vanessa foi atrás- já disse para não te preocupares, já esta tudo resolvido.
Vanessa : eu preocupo-me contigo Ashley e não é preciso conhecer-te bem para saber que o que se passou foi grave, estas praí a enrolar e enrolar mas eu garanto-te que vou saber o que se passou entre ti e a Lily, sejas tu ou não a dizer-me!
XX : eu dei um estalo á Ashley, foi isso que se passou.
Vanessa : tu o quê? -perguntou sem acreditar virando-se para Lily- ficas-te louca?
Lily : bem pelo contrario, eu estive louca sim, estive louca durante todos os anos que pensei que vocês fossem minhas amigas! -falou gritando, quando Lily entrou em casa viu Vanessa ir atrás de Ashley para a cozinha, ouviu parte da conversa e isso bastou para saber do que falavam.-
Vanessa : tu definitivamente estas louca, só pode! -falou sem acreditar- nos sempre fomos tuas amigas, sempre te apoiamos quando precisaste e sempre te passamos a mão pela cabeça, mesmo quando não merecias!
Lily : não, vocês não faziam isso por serem minhas amigas, vocês faziam isso por inveja. Inveja é aquilo que vocês sempre sentiram por mim, a Ashley nem tanto mas tu Vanessa, tu sempre me invejas-te. -Vanessa ouvia tudo sem acreditar, inveja? Vanessa nunca havia sentido inveja de Lily, nunca precisou disso.- Invejas a minha beleza, os homens que andam atrás de mim, tudo! Tu invejas tudo em mim, tu davas tudo para ser como eu!
Ashley : inveja de ti? -perguntou soltando um riso irónico- ninguém sente inveja de ti Lily, ninguém! Eu por ti sinto pena, dó. Diz-me, que mulher sente pena de outra que vá onde seja, seja com quem for encontra sempre um homem com quem já dormiu? 
Lily : tu não sabes do que estas a falar! -gritou-
Ashley : Aih não?! -perguntou irónica- eu jurava que tinha sido isso que te aconteceu ontem á noite!
Lily : como é que tu ...
Ashley : o teu querido Zac é amigo do Ryan, namorado da Brittany. Chama-lhe do que quiseres mas o teu jantar era o jantar da Brittany, nem sequer nos vimos porque assim que la entras-te conseguiste acabar com aquilo que ainda nem tinha começado! Tu perdes-te o único homem que um dia gostaste por causa da tua burrice!
Vanessa : espera, tu ... -Vanessa não estava acreditar, então Zac sempre esteve por perto? Se Vanessa tivesse ido ao jantar de Brittany tinha conhecido o homem que fazia questão de estar presente no seu pensamento segundo sobre segundo?! Não, isto não podia estar acontecer, era muito coincidência para ser verdade. Não, Não Não!- não pode ser ... -falou sem acreditar-
Lily : não finjas que ficaste com pena, -falou chamando atenção de Vanessa- aposto que estas ai toda contente, eu não preciso da tua pena, não preciso que nenhuma de vocês se preocupe comigo, eu vou resolver as minhas coisas com o Zac, é só uma questão de tempo.
Ashley : se fosse a ti não tinha tanta certeza, ele sente nojo de ti Lily, tu mentiste-lhe e fizeste-o passar por parvo em frente dos amigos. Achas mesmo que ele vai querer voltar a olhar para a tua cara?
Lily : eu não vou desistir dele, como tu mesmo disses-te ele é o primeiro homem por quem eu sinto algo mais do que uma atracção de uma noite, eu gosto do Zac, eu quero o Zac e vou conseguir tê-lo. Vocês podem escrever o que eu vos digo. -sem mais dizer Lily saiu da cozinha furiosa e subiu para o quarto batendo a porta fortemente-
Vanessa : não pode ser. -disse caindo redonda numa das cadeiras da cozinha- ele esteve sempre tão perto, meu Deus!
Ashley : parece que o destino quer mesmo juntar-vos, não da forma mais fácil, mas de qualquer maneira quer juntar-vos! -falou sentando-se em frente de Vanessa a sorrir- o que vais fazer agora?
Vanessa : não sei, eu ... -Tlim Tlam ... o barulho da campainha fez Vanessa deixar de falar, levantou-se ainda um pouco estupefacta com tudo o que tinha ouvido e foi abrir a porta. Quando o fez ...





Aquilo não podia continuar, Lily continuava a ligar para Zac, vezes e vezes sem conta. Zac tinha de pôr um fim naquilo. Saiu da elaborada sala de treino que tinha em sua casa, tomou um banho e vestiu a primeira roupa que viu, pegou nas chaves e saiu. O seu destino? A casa de Lily, iria pôr um ponto final naquela relação que ainda nem tinha começado direito, não queria uma mulher como ela na sua vida, não queria mesmo.

Vanessa : pois não? -perguntou tentando manter o foco. Aquele homem era o mais belo que alguma vez vira, olhos claros, cabelos louros, alto, com um porte atlético bastante elevado ... céus  Vanessa teve vontade de tocar-lhe para saber que aquele homem era real ou apenas uma fantasia.-


XX : vim falar com a Lily, ela esta? -NÃO NÃO NÃO!!!! Vanessa só podia estar a ficar louca. Era ele. Vanessa reconhecia aquela voz em qualquer parte do mundo. A reacção que teve ao ouvi-la era familiar. Um arrepio que percorreu todo o seu corpo, a pele arrepiada, os cabelos da sua nuca em pé ... ate os olhos teve de fechar para não soltar o suspiro que estava preso na sua garganta ao ouvir aquela voz, agora tão próxima de si.-
Vanessa encarou aquele homem, ele podia ser mais perfeito? Porquê? Porque é que Vanessa não conseguia simplesmente falar. A sua parecia estar presa na sua garganta, não saia, nada saia. Vanessa só conseguia olhar aquele homem, não acreditava que ele estava tão perto. A uns míseros centímetros de si. Estava finalmente frente a frente com o homem que ocupava a sua mente á já alguns dias. Não sabia o que fazer.





Zac nem quis acreditar quando viu quem abriu a porta. Nem sequer se lembrou que aquilo pudesse acontecer. Zac não tinha quaisquer duvidas, era ela, a mulher do perfume de morangos e chocolate, da voz de anjo e daquele dia do elevador. Ela era tão linda, tão natural. A sua beleza não era forçada, era uma coisa dela. Os olhos pareciam duas avelãs, o cabelo uma cascata que cobria todo o seu peito e ia ate á cintura, em baixo com uma ondulação que lhe dava uma graça imensa. O tom de pele era moreno, não um moreno carregado, uma coisa leve que a deixava ainda mais bela. Os lábios eram carnudos e avermelhados. Zac estava com vontade de ouvir novamente e voz de anjo daquela mulher. O perfume dela invadiu as suas narinas assim que ela abriu a porta e ficou estacada a olhar para ele.

Lily : Zac?! -gritou Lily assim que viu Zac na porta. Desceu o resto das escadas a correr e atirou-se para cima dele empurrando Vanessa para o lado- eu sabia que era a tua voz, eu reconheceria-a em qualquer lado. -falou ainda abraçando-o. Zac continuava a encarar Vanessa que agora olhava o chão  aquela cena era deprimente. Ashley apenas assistia a tudo na porta da cozinha- eu sabia que me ias perdoar.
Zac : perdoar? -perguntou tirando os braços de Lily da sua cintura- eu não tenho nada para perdoar. -falou serio- eu só vim cá para te pedir para parares de me ligar, começa a ser cansativo olhar para o telemóvel e ver la dezenas de chamadas tuas por atender.
Lily : por favor Zac vamos conversar. -suplicou- eu quero explicar-te ...
Zac : não há nada para explicar, tu nem sequer me deves satisfações. -falou soltando um pequeno riso- não quero manter qualquer tipo de relação contigo e é por isso mesmo que vim aqui para pedir-te para esqueceres tudo o que se passou entre nos, o pouco que sei sobre ti chegou para me fazer entender que tu não és aquilo que eu pensava que eras.
Lily : eu não quero esquecer Zac, eu errei eu sei que errei mas todos merecemos uma segundo chance. Por favor Zac, eu gosto realmente de ti, deixa-me provar-te que estou disposta a mudar por ti. Deixa. -pediu segurando com força as mãos de Zac-
Zac : eu acho bem que mudes, mas não o faças por mim. -falou tirando as suas mãos das de Lily- entre nos não vai acontecer mais nada, eu não quero uma pessoa como tu a meu lado, mesmo que mudes Lily o teu passado não vai simplesmente desaparecer, e entre os meus amigos esta bem claro que tu não és propriamente uma desconhecida.
Lily : não faças isto Zac, dá-nos uma chance, eu sei que tu gostas de mim. Eu sei. -falou com os olhos marejados- eu não ligo ao que os outros pensam.
Zac : não Lily, eu não gosto de ti. Eu gosto da Lily que tu inventaste existir, aquela que tu mostravas ser mas que no fundo não passava de uma invenção tua. -falou rude- Nessa Lily eu era capaz de apostar uma relação, mas contigo, a verdadeira Lily eu não sou capaz de apostar nem uma amizade. -disse sincero- Era isto que eu tinha para te dizer, mas me faças por favor ter de ser mal educado contigo, não quero voltar a ter contacto contigo.
Lily : Zac! -chamou antes dele sair e bater a porta- estão contentes agora? -gritou para Vanessa e Ashley que continuavam caladas- eu odeio-vos! -disse antes de subir as escadas ao choro e depressa. Vanessa tentou ir atrás dela mas Ashley agarrou-a no braço impedindo-a.-
Vanessa : eih! -falou tentando largar-se- ela não esta bem Ashley!
Ashley : eu vou la, tu vais correr ate á portaria e ver se encontras o Zac, não o deixes escapar outra vez por causa da Lily! -disse arrastando Vanessa ate á porta-
Vanessa : não é o momento certo. -falou com medo- ele esta de cabeça quente!
Ashley : tem de ser agora, tu não sabes quando o vais voltar a ver, por isso vai! -disse já com Vanessa do lado de fora do apartamento- corre mulher! -gritou-
Ashley fechou a porta e Vanessa pensou duas vezes antes de fazer alguma coisa. 
Vanessa : que se lixe, já não tenho nada a perder! -posto isto Vanessa correr para o elevador, primiu o botão mas por azar o elevador estava no andar mais alto do prédio. Sem outra alternativa desceu todas as escadas a correr, chegou ao fim a arfar. Qual não foi a sua surpresa ao ver Zac sentado num banco que havia na entrada do prédio. Ele estava a vir na sua direcção.-
Zac : pensei que tivesse de esperar mais. -falou a sorrir-




Fiiiim !!!!!!!!! O tão esperado capitulo esta aqui. Espero que gostem e que esteja á altura daquilo que vocês estavam á espera. Para continuarem acompanhar o desenrolar desta historia vão ter de comentar :)


Fico á espera. Beijos <3

7 comentários:

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Eles finalmente se encontraram!
Amei amei amei o capítulo!
Bem feito pra Lily, achei foi pouco!
kkkk...agora o caminho tá livre pro Zac e para a Vanessa!
Posta logo
Bjos amorê

Thauany disse...

Nossa esse capítulo superou todas as minhas expectativas... AMEI......
Super perfeito o capítulo..
E agora? O q será q vai acontecer?
Nossaa tô roendo as minhas unhas
de tão ansiosa...
Posta logoo
xoxo

Anónimo disse...

e agora o que sera q vai acontecer??? posta logo!

Bárbara Oliveira disse...

Aaaaaaaaaaiii, você para justamente na parte mais esperada kkkkk
Meu Deus, como será daqui pra frente???
Aii, posta logo, logo mesmo, please!
bjbj

Anónimo disse...

Que sacanagem!!! kkkkkk to morrendo de curiosidade! posta logo pelo amor de Deus! kk Maravilhoso o capo!

Anónimo disse...

Nossa que sacanagem! kkkk morrendo de curiosidade! posta logo pelo amor de Deus! kkk Maravilhoso o cap!

Anónimo disse...

Nossa vai deixar todo mundo na curiosidade mesmo??? :// posta logo pf*-----*