terça-feira, 4 de setembro de 2012

♡ Quinto Capitulo ♡

*(Alberto Brizola) - escritor

Lily : bom dia alegria!!!!!!! -eram 10 horas quando Lily acordou, Vanessa já havia saído de casa, acordou cedo, por voltas das oito e meia da manha, tomou um banho longo, vestiu-se e tomou um pequeno almoço leve. Saiu antes de todos acordarem, deixou um bilhete no quarto de Ashley onde dizia que já tinha saído e para não ligar ou tentar falar com ela, queria tirar o dia apenas para si. Queria mimar-se, Ashley achava uma ideia brilhante, era disso que Vanessa precisava, de mimos.-

Ashley : tanto boa disposição logo de manha! Nem pareces tu! -disse a sorrir-
Lily : hoje é sábado, não tem como não estar bem disposta!
Ashley : claro, o jantar com o tal de Zac e os amigos dele. -já nem Ashley tinha o mesmo entusiasmo a falar de Zac-
Lily : o tal jantar?! não é apenas um jantar, é o jantar!
Ashley : hum ... -disse apenas, queria acabar por ali o assunto "Zac e o jantar"- a Vanessa já saiu, tirou o dia só para ela.
Lily : não me lembro de ter perguntado nada sobre essa invejosa! -disse enquanto barrava doce de morango nas torradas que Ashley tinha feito, sim, Lily pouco fazia dentro daquela casa-
Ashley : invejosa?
Lily : sim, é isso que a Vanessa é, uma invejosa. -falou sem mesmo olhar para Ashley-
Ashley : Lily ...
Lily : a Vanessa sempre teve inveja de mim, inveja dos meus namorados, da minha beleza, das minhas roupas, do meu senso de humor ... a Vanessa sempre quis ser como eu, a atitude dela ontem mostrou isso mesmo. -Ashley nem queria acreditar no que ouvia, Lily estava mesmo a dizer aquilo?! Vanessa sempre a ajudou em tudo o que ela precisava e agora ela chamava-a de invejosa?! Talvez Brittany tivesse mais razão do que aquilo que ela pensava sobre Lily-
Ashley : eu não acredito que tu acabaste de dizer isso Lily! -disse levantando-se da mesa, Lily olhou-a seria- a Vanessa sempre fez tudo por ti, sempre te ajudou em tudo que precisasses, sempre foi tua amiga e sempre te apoiou! Tu não podes dizer que ela sente inveja de ti, ela não tem necessidade disso, a Vanessa é linda, talentosa, profissionalmente realizada e tem todos os homens que quiser aos pés dela!
Lily : tu estas do lado dela? -perguntou indignada- não viste o modo como ela falou comigo ontem?! ela praticamente disse que eu era uma qualquer sem sentimentos e eu não sou!
Ashley : se não és pareces! -Lily arregalou os olhos, estava indignada mas nem isso fez Ashley desistir do que ia dizer- uma mulher que vai para a cama com o primeiro que apareça e que depois nunca mais fale com ele é o quê Lily?! -perguntou irónica- uma mulher com valores e respeitos ou uma qualquer que não sabe o significado da palavra amor?!
Lily : eu sei o que é o amor! -gritou enfurecida-
Ashley : não, tu não sabes! -respondeu a rir, um riso seco- se soubesses não andavas por ai a meter-te na cama do primeiro homem que viesse ter contigo!
Ashley nem acreditou quando sentiu a mãe de Lily parar na sua cara. Lily havia esbofeteado Ashley com toda a força que tinha no momento, lágrimas vieram aos olhos de Ashley, nem quis acreditar que a amiga lhe tinha batido.
Ashley : Amar é olhar para dentro de ti mesmo, e dizer, eu quero. É viver intensamente. É sonhar com uma gota de realidade e realizar uma gota desse sonho. É estar presente até na ausência. Amar é ter em quem pensar. É razão que ninguém teria razão para nos tirar. É ser só de alguém e nunca deixar esse alguém só. É pensar em alguém tão alto a ponto do alguém escutar.  Amar é ir até a morte. É acordar para a realidade do sonho. É vencer através do silêncio. É ser feliz até com um pouco quando muito não é bastante. Amar é dar amnistia ao teu coração. É sonhar o sonho de quem sonha contigo. É sentir saudades. É chegar perto na distância. Amar é a força da razão. É quando os momentos são eternos. Amar é ser adulto e se sentir criança. É viver a vida em versos e ao inverso. É a maior experiência na vida de um homem...* -Ashley limpou as lágrimas que estavam espalhadas pelo seu rosto e olhou para Lily que a olhava sem qualquer tipo de remorso ou rasto de arrependimento- quando um dia sentires tudo isto, eu vou perdoar-te pelo que acabas-te de fazer. -Ashley pegou na sua bolsa que estava em cima do sofá e abriu a porta- ate la não te atrevas a dirigir-me a palavra novamente. -Ashley saiu sem mais nada dizer, a reacção de Lily a seguir e isso?! Nada mãos do que voltar a sentar-se na mesa e continuar a tomar o seu pequeno almoço, não precisava de Ashley, nem de Vanessa, tinha Zac que neste momento era o mais importante. Tinha de pensar no jantar, tinha de estar linda, perfeita, maravilhosa. Tudo para Zac.-


Ryan : quando vais? -desta vez era Zac que estava na casa de Ryan, saiu do ginásio e passou pela casa do amigo. Não tinha mais nada de interessante para fazer.-

Zac : semana que vem, terça feira. O jantar vai ser na quinta mas a dona Starla fez-me prometer que passava la o máximo de tempo possível, vou fica ate terça feira da outra semana.
Ryan : uma semaninha em casa dos papas, sem trabalho e sem ver a Lily ou sentir o cheiro do perfume da mulher misteriosa! Achas que consegues? -perguntou gozão-
Zac : eu vou conseguir é ficar uma semana sem te ouvir a dizer disparates, vai ser uma festa! -disse a rir- e quanto á Lily, estive a pensar e acho que vou convida-la passar a semana comigo, em casa dos meus pais na Itália.
Ryan : hã?! -perguntou de boca aberta- tu estas parvo?! quando a tua família te perguntar quem ela é o que é que vais responder?! que é uma amiga com quem fizeste sexo no mesmo dia que a conheceste?!!!
Zac : não seu burro, vou dizer que é uma amiga. Os meus pais não são antepassados, vão perceber que alguma coisa mais se passa, mas se eu não falei é porque ainda não é a hora certa. Eles confiam em mim.
Ryan : mal eles sabem! -Zac abanou a cabeça negativamente e encostou-se no sofá, Ryan era sempre assim, não levava nada nem ninguém asserio, claro tirando a namorada que conseguiu a proeza de prender Ryan Rottman-


Brittany : Ashley?!

Assim que Brittany abriu a porta de sua casa, depois de ouvir tocar na campainha, Ashley abraçou-a a chorar.
Brittany : passou-se alguma coisa? -perguntou depois de fechar a porta, estava sentada com Ashley no sofá, ela ainda chorava-
Ashley : a Lily ... ela ... ela esta completamente louca. -Ashley falava entre soluços, o choro era muito. Ainda não acreditava que Lily lhe tinha batido-
Brittany : o que é que ela fez desta vez? -perguntou com voz cansada, sabia que agora Lily tinha ultrapassado as marcas, Ashley não ficaria assim por uma coisinha de nada-
Ashley : ela ... ela bateu-me, deu-me um estalo.
Brittany : ela o quê? -perguntou levantando-se do sofá- ele bateu-te?! ela perdeu a cabeça!!!
Ashley : eu não sei o que lhe deu, ela disse que a Vanessa tinha inveja dela e quando a fui defender ela deu-me um estalo!
Brittany : ela esta cada vez mais estúpida! -disse furiosa- ela pensa que é quem para te bater!? isto não pode ficar assim Ashley!
Ashley : não vai ficar assim. -disse mais calma- ela agora esta encantada com o tal de Zac, quando a ficha cair ela vai ver aquilo que tem feito e vai arrepender-se.
Brittany : e vai ficar por isso mesmo? vais esperar que ela caia na realidade? -perguntou alto, Brittany estava furiosa, a sua vontade era de esganar Lily-
Ashley : não vai demorar muito para isso acontecer, com a carrada de homens que já dormiram com ela não me admirava nada que um deles fosse um dos amigos do Zac, com muito azar o encantamento acaba ainda esta noite.
Brittany : vou rezar para isso acontecer, ela merece sofrer, merece sofrer muito! -Brittany voltou a sentar-se no sofá e abraçou Ashley. Realmente sábado estava a ser um dia cheio de surpresas, e elas estavam apenas a começar ...-


Eram oito e meia quando a campainha do apartamento de Lily tocou, ela já estava pronta e mais que pronta. Abriu a porta e deparou-se com um Zac mais lindo que o normal, se é que era possível.

Sorriam um para o outro assim que os olhares se encontraram. Lily não aguentava mais, beijou Zac. Apanhou-o de surpresa mas ele logo correspondeu, ambos sentiam falta dos lábios um do outro.
Lily : os dias passam e tu ficas cada vez mais lindo. -disse ainda com a cara perto da de Zac, ele ficou nitidamente sem graça- ai pará com isso! -falou dando-lhe um pequeno tapa no braço- não me vais dizer que nunca ouviste piropos de uma mulher, pois não?
Zac : vamos indo, já vamos chegar atrasados. -Lily pegou na bolsa e saiu de casa de braço dado com Zac. Seguiram para o carro e como cavalheiro que é Zac abriu a porta a Lily- e sim, já ouvi piropos de uma mulher. -Zac fechou a porta de Lily e entrou no carro, seguiram para o restaurante em alta animação. Ouviam musica num volume um pouco acima do normal e falavam sobre tudo, as vezes ate sobre coisas estapafurdias, simplesmente porque não havia assunto entre os dois-
Entraram no restaurante de braços dados, Zac cumprimentou todos os seus amigos com Lily ao lado.
Zac : Jared deixa-me apresentar-te a Lily, minha amiga. -Jared estava de costas, ainda não tinha visto Zac, assim que se voltou a sua expressão facial mudou completamente. De sorridente passou a serio-
Jared : Lily? -disse sem acreditar- o que é que tu estas aqui a fazer, e com ele?
Zac : vocês conhecem-se? -perguntou com um sorriso angelical no rosto, mal imaginava o que por ai vinha-
Lily : conhecemos! -apressou-se a dizer não deixando Jared falar- conhecemo-nos num jantar de amigos que tínhamos em comum, mas nunca mais nos vimos.
Jared : isso é mentira! -falou com pouco alto encarando Lily rudemente- nos não nós conhecemos num jantar de amigos e posso garantir que não nós vimos apenas uma vez!
Zac : não estou a entender. -Zac realmente não estava, Lily parecia nervosa ao seu lado. Jared estava raivoso- vocês conheceram-se onde, realmente?
Jared : eu e a Lily conhecemo-nos porque ...
XX : Zac vem aqui! -Jared simplesmente não pôde continuar a falar, um dos convidados do jantar arrastou Zac ate um grupo de homens que estavam bastante animados-
Lily : se tu contas alguma coisa ao Zac eu juro que acabo contigo! -falou encarando Jared-
Jared : eu não vou deixar que gozes com ele como fizeste comigo! -falou apontando o dedo á cara de Lily- o Zac é uma pessoa fantástica, não merece ser enganado por uma vadia como tu! -falou sem medo- eu não tenho medo das tuas ameaças, ou tu sais daqui agora e nunca mais falas com o Zac ou então eu acabo com o teu teatrinho e já!
Lily : não te atrevas a fazer isso!
Jared : foste tu que escolhes-te! -Jared saiu da beira de Lily serio e tirou Zac do grupo de homens animados onde ele estava, Lily sentiu o que o seu chão iria cair, correu atrás de Zac e Jared que caminhavam para o jardim- a Lily ...
Lily : Zac não o ouças! -gritou correndo para o lado de Zac- ele vai inventar um monte de coisas a meu respeito, por favor não o ouças!
Jared : chega Lily! -gritou- se aqui há uma pessoa que inventa montes de coisas és tu, enganaste-me a mim não vou deixar que enganes também o Zac!
Lily : estas louco, eu não sei do que estas a falar! -Lily e Jared começaram a discutir, a a mal tratar-se um ao outro. Zac não estava a entender nada, parecia que estava no meio de dois malucos que se odiavam.-
Zac : CHEGA! -gritou fazendo os dois se calarem- eu quero saber exactamente de onde vocês se conheceram e como se conheceram.
Lily : mas Zac ...
Zac : e sem desculpas Lily, não sou burro sei que alguma coisa se passa ou passou entre vocês, só quero saber o quê. -disse interrompendo-a-
Jared : a Lily não é quem tu pensas.
Lily : cala-te seu estúpido! -falou desesperada-
Jared : não sei como tu e a Lily se conheceram, nem quero saber, mas tenho a certeza de uma coisa. -falou serio- tu e ela já foram para a cama, estou certo? -Zac não sabia o que dizer, todos os seus amigos sabiam que ele não ia para a cama com qualquer uma. Jared não era exactamente próximo de Zac, encontravam-se apenas quando marcavam jantares, fora isso pouco se viam. Não havia possibilidade de Jared ter sabido por ninguém que Zac estava envolvido com Lily. Alguma coisa se passava.-
Zac : sim, estas. -falou desconfortável- o que isso tem a ver com o facto de vocês se conhecerem?
Lily : ele não sabe o que esta a dizer Zac, vamos sair daqui, por favor. -praticamente suplicou, Lily estava a ver a sua vida andar para traz-
Zac : não Lily, eu quero saber o que se esta a passar, ninguém vai sair daqui antes de eu saber exactamente o que aconteceu entre vocês.
Lily : eu já disse, nos conhecemo-nos num jantar e nunca mais nos vimos. O Jared esta a fazer isto porque eu o mandei para traz, só por isso! -Jared nem acreditava no que ouvia, aquela mulher era mais dissimulada do que aquilo que imaginava, uma verdadeira vadia-
Zac : isto é verdade Jared?
Jared : não, CLARO QUE NÃO! -gritou- essa mulher é uma vadia Zac!
Zac : Jared! -falou reprovador, não gostava de ouvir Jared falar assim da mulher por quem estava a começar a nutrir um sentimento-
Jared : Zac eu e a Lily conhecemo-nos numa boate, ela veio ter comigo, tu sabes começamos a falar e acabamos a noite na cama de um motel qualquer. -Zac estava a ouvir bem? Lily tinha-lhe dito que a primeira vez que foi pra cama com um homem que mal conhecia tinha sido com ele.- ate ai tudo bem era disso que eu tinha ido á procura quando entrei na boate, o mal foi que nos encontramos mais vezes, eu pensei que estivéssemos a entrar numa relação mas quando voltei á boate via a esfregar-se num gajo qualquer que estava la, a nossa relação não era seria mas tinha de haver respeito entre os dois. -Jared olhava Lily que o fuzilava com os olhos, Zac tentava assimilar tudo. Lily tinha-o enganado, tinha-lhe mentido desde o começo?- ainda tentei chegar á beira dela e perguntar-lhe o que se estava a passar mas antes disso disseram-me que aquilo já era habitual, pelo que me constou a Lily já era bem conhecida naquela boate, era uma espécie de decoração da casa! -disse irónico-
Lily : tu cala-te! não fazes ideia do que estas a dizer, isto é tudo mentira Zac não podes acreditar nele, não podes! -Lily estava desesperada, pela primeira vez estava a gostar verdadeiramente de um homem, não queria perder-
Jared : naquela noite fiquei a saber que a Lily era mais rodada que um parque de diversões, de homens daqui da festa ela já deve ter ficada prai com uns quatro, se não acreditas em mim vai la a dentro e pergunta! -disse apontando para o restaurante- era só isto que eu tinha para te dizer, agora faz o que quiseres. -Jared voltou a entrar no restaurante.-
Lily estava dividida, uma parte de si fervilhava de raiva por Jared e a outra temia a reacção de Zac. Diferente daquilo que esperava Zac não fez nada quando Jared saiu, Lily esperava que ele começasse a gritar com ela, mas não, ele apenas continuou parado e calado no lugar onde já estava á minutos.
Lily : Zac eu ...
Zac : cala-te Lily, eu não quero ouvir nem mais uma palavra. -disse interrompendo-a de uma forma fria- nunca mais, nunca mais voltas a dirigir-me a palavra e quando me vires na rua muda de passeio, se não o fizeres quem o faz sou eu.
Lily : por favor Zac ...
Zac : já te mandei calar, eu nunca mais quero voltar a ouvir a tua voz. -Zac estava frio, céus Lily nunca pensava que ele fosse reagir daquela maneira, ele estava calmo, muito calmo mas frio. Frio como um icebergue- foste uma desilusão Lily, eu estava realmente a começar a gostar de ti mas ainda bem que fiquei a saber toda a verdade sobre ti, menos uma coisa para me preocupar depois.
Lily : o Jared esta a mentir Zac, não podes acreditar nele. Por favor deixa-me explicar ...
Zac : eu não quero explicações, eu não quero coisa nenhuma de ti. -falou soltando um riso irónico- o Jared não tinha razoes nenhumas para me mentir, e nem vale a pena dizeres que foi por o teres mandado para traz, ele esta feliz e acompanhado, já nem se lembrava de ti.
Lily : eu estou realmente a começar a gostar de ti, estou a gostar muito Zac. -disse tentando aproximar-se- por favor Zac, não te afastes de mim.
Zac : se estas a gostar de mim trata de deixar de gostar eu não quero ao meu lado uma mulher mais rodada que carrossel! -proferiu um pouco mais alto- eu não quero entrar num restaurante e correr o risco de la estar um dos teus, hum ... como devo chamar mesmo?! -perguntou irónico- se me tivesses contado desde o inicio aquilo que costumavas fazer eu não tinha dado muita importância, tinha andado com mais calma mas pelo menos tinhas sido sincera comigo, tinha levado isso em conta. Mas não, mentiste, foste dissimulada e falsa, eu não gosto de pessoas assim, se ha coisa que eu não perdoou é a mentira. Eu não minto e não admito que ninguém me minta, num relacionamento essa é a única exigência que faço, e tu quebraste-a mesmo antes de entrarmos num. -Zac virou costas a Lily, mas antes de começar a caminhar disse- Vai embora Lily, não quero apresentar uma mulher como tu aos meus amigos, ja foi vergonhoso o suficiente verem-me contigo. -e assim foi, Zac voltou para o restaurante, tentou reagir o mais normal possível, estava aliviado, se tivesse sabido toda a verdade sobre Lily mais tarde podia ter sido pior.-



Eu sei, eu disse que ia postar ontem, mas ouve um imprevisto e eu não pude mesmo postar ... 

Eu sei também que disse que o encontro ia ser neste capitulo, mas como puderam ver este capitulo já tem surpresas mais que suficientes, fica para o próximo. Prometo esmerar-me!
Espero que gostem, por favor comentem ... Digam-me como acham que vai ser o encontro mais esperado desta historia!!!!!
Beijou Lua  

6 comentários:

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Amei amei amei o cap!
Santo Jared que apareceu na hora exata!
Capítulo perfeito!
O encontro deles vai ser mágico!
Ai ai...
Posta logo
Bjos amorê

Thauany disse...

Ahhh Ameiii o Cap... Perfect
Mega ansiosa para saber como vai er esse encontro...
Posta logooo
xoxo

stephanie_95_7 disse...

Costuma-se dizer que a mentira tem perna curta e a Lilly não era diferente!
Ainda bem que o Zac lhe deu para tras agora...
Estou deserta para saber como é que vai ser o encontro deles!!!
Posta rapido por favor, não nos deixes a morrer de curiosidade :D
Bjss

stephanie_95_7 disse...

Podes só divulgar a minha fic sff?
Chama-se "Follow your Heart"

http://zanessa-forever.blogspot.pt/

Beijinhos *.*

Cristiane Fatima disse...

amei o capitulo
continua postando por favor
posta o mais rapid possivel

Bárbara Oliveira disse...

Adorei, adorei. Perfeito!
Posta logo, e Meu Deuuuuuuuus, como será que vai ser o encontro deles? Nossa, não vejo a hora de isso acontecer.
bjbj.